Laurentina Adriana Wassianga “Tina Souvenir”

Quando se fala da Moda Angolana, é incontornavel falar de Tina Souvenir fundadora da marca Souvenir. É considerada uma das pioneiras, estabelecendo desde cedo uma relação estreita com a indústria e ditando tendências de moda. Iniciou a carreira no início dos anos 80 com apenas 11 anos de idade ao desenhar o seu primeiro vestido. Aos 14 anos faz uma blusa com um lençol branco de casa, que lhe custou um castigo, mesmo assim ganhou elogio perante a mãe e avó que sempre foram a sua inspiração. Em 1992 cria a sua marca, Tina Souvenir.

Carreira

Em 1997 fez parte da organização ensaiando os Manequins para o prestigiado desfile Cuca BGI no Teatro Avenida. No seu curriculum consta com a participação na 1ª edição do Angola Fashion Week, dando o seu contributo ao evento ao convite de Valdo Oliveira, então presidente. Valeu-lhe solicitações para desfiles em províncias como Moxico, Cabinda, Malange e Namibe.

Estilista convidada em 2006, para as festas do Moxico, organizando um desfile. Durante 3 anos fez as faixas do Comité Miss Luanda e foi júri do concurso de beleza, Miss Angola em 2012. Participou em desfiles em Portugal (Moda Famalicão), Brasil, desfile individual, de igual modo na Namíbia. Ainda nas duas edições de Moda FBA (Fashion Bussines Angola). Recebeu Homenagens, pelo programa Janela Aberta, agência Mango´s, FBA, desfile Moda Famalicão, HCTA. Nas eleições de 2008 criou camisas com a bandeira de Angola. Já vestiu inúmeras personalidades Angolanas tal como a cantora Pérola.

Atelier de Costura

O Atelier de Costura localizado na Rua Rainha Ginga nº74, Bairro Coqueiros, Município da Ingombota. Hoje serve o País com propriedade adquirida pelos anos. O atelier, com 21 funcionários faz o seu diferencial juntando vinhos, champanhe, cocktail acompanhado de gourmet angolano e africano e com vários serviços adicionais num só. A área de costura é composta por profissionais, com um fabrico de roupas, cintos, chapéus, quadros, biombos, almofadas e forrar sapatos. Ambições para o futuro passam por criar linhas de roupões, toalhas de mesa e de banho, lençóis e colchas com padrões africanos.